[Resenha Premiada] Condão – Giordano Mochel Netto

Tecnologia robótica, petabytes, Direito Eletrônico. Esses termos fazem parte do cotidiano de Edwardo, um jovem que vive em uma sociedade ultratecnológica em que o controle da informação tornou-se o meio de referência para todos. Programador virtual, ele tem uma vida estabilizada, já que suas preocupações resumem-se ao trabalho, ao relacionamento amoroso com Sílvia, biogeneticista, e à amizade antiga e franca com Jânio, professor de História Moderna e especialista na teoria do Condão. No entanto, ao presenciar, involuntariamente, o assassinato de dois jovens por drones responsáveis pela segurança pública, sua vida passa a correr risco. Robôs-homicidas? Uma possibilidade que soa impossível para um software instruído a tarefas-padrão e funções extremamente mecânicas. Pelas regiões do Brasil, Edwardo arrasta Jânio e Sílvia em uma busca incessante para desvendar o crime. Só que, quando o trio descobre que essa investigação envolve vários fatos obscuros que influenciaram o atual nível de desenvolvimento dessa sociedade, uma nova realidade se revela de forma estarrecedora


Novo Século/ Ficção Científica/ Literatura Nacional/ 400 páginas/ Skoob

Se a tecnologia evoluísse até o ponto da nossa imaginação, como seria o mundo?
Para Giordano, tudo começa quando uma mente brilhante, inicialmente desconhecida, elabora um equipamento que faz a análise imparcial das leis, de forma a não poder ser manipulada. Assim, no Brasil, um cartel de políticos e servidores corruptos finalmente são julgados de forma correta, apresentando ao país uma nova realidade, em que políticos não são corruptos porque o sistema irá condená-los. Mas esse foi só o primeiro passo, porque essa criação abriu portas para a tecnologia robótica, com a inclusão de robôs em varias funções e utilização de tecnologia nas mais variadas rotinas, obtendo maior qualidade de vida para os cidadãos, e colocando o Brasil no ápice do desenvolvimento tecnológico. Nesse contexo, Edwardo, programador, está habituado a todo conforto, porém, em um dia que parecia normal, ele vê dois robôs cometendo assassinato por um motivo muito estúpido! Ele poderia achar que era ilusão, se logo em seguida não estivesse sendo ele o perseguido!

Não contarei mais nada quanto à história, mas posso prometer que ela é repleta de planos megalomaníacos, aplicações incríveis da tecnologia, ideias geniais e muita ação. Edwardo corre em busca de um amigo para conseguir mais informações, e quanto mais ele descobre, mais insatisfeito fica. Será que toda a informação que ele recebe é verdadeira? Até onde confiar na tecnologia? E assim conhecemos personagens secundários que são verdadeiras fontes primárias de informação, e nos vemos cada vez mais envolvidos nesse plano maluco que eles criam, indo atrás de algo que nem eles, e muito menos nós, conhecemos!

O contexto por si só é um deleite a parte. Enquanto acompanhamos Edwardo, visualizamos um Brasil no auge do desenvolvimento tecnológico, com ruas que são esteiras, metrô a vácuo com alta velocidade, lentes para acesso à internet, otimização de energia elétrica e captação de esgoto para melhor qualidade de vida… Um Brasil dos sonhos, em que a corrupção não é mais permitida, e que todo o dinheiro pode ser investido na população. Um mundo que se preocupa com a qualidade de vida de seus iguais na China e na África, de forma a ocorrer um desenvolvimento igualitário no mundo todo… Eu consigo sonhar com o futuro de Giordano, ao menos essa parte! Hahaha!

Eu consegui identificar alguns defeitos no livro, que acho interessante pontuar: alguns parágrafos são muito extensos, algo que não me incomodou mas que também não havia necessidade e sei que muita gente não gosta. Além disso, algumas cenas acontecem rápido demais, imagino que pela necessidade de enxugar um livro que poderia ser facilmente dividido em dois. Quanto a isso, prefiro as cenas curtas à espera de um segundo volume!

Resumindo, o livro te coloca em um Brasil futurista, te envolve em um plano mirabolante e em informações confidenciais, coloca seu pensamento cada vez mais adiante sobre até onde tudo pode chegar, para ao final, quando finalmente acontece o desfecho, você ficar com saudades daquele Brasil que você não viu, daqueles personagens tão singulares, e principalmente, pela esperança de um mundo melhor. Giordano, parabéns pela obra!
E você, quer ganhar o livro? É só comentar na postagem, e participar! o

a Rafflecopter giveaway//widget-prime.rafflecopter.com/launch.js

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    [Reply]

  • Nunca parei para ler um livro de ficção cientifica…acho que ia acaba meio perdida em algumas parte ^-^
    Um Brasil que a corrupção não é permitida só mesmo em livro ou em um futuro bem distante mesmo kk

    Achei bem interessante a proposta do livro, principalmente fiquei curiosa com esse Brasil futurista, mais não tenho certeza se é uma leitura que eu mesma iria gosta.

    [Reply]

  • Uma distopia bem futurista. Fiquei muito curiosa e interessada em conferir essa ousada e autêntica obra, ambientada em terras brasileiras.
    Gosto muito de distopias, mas às vezes me perco um pouco no terreno da ficção científica e a leitura não flui tão rápido. Mesmo assim, acredito que apreciarei muito esse livro.
    jaque_borchardt@hotmail.com

    [Reply]

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    [Reply]

  • Georgeton, a ganhadora foi a Jaqueline!
    Desculpa a demora para o sorteio, mas muito obrigada pela participação!

    [Reply]

  • I loved as much as you’ll receive carried out right here. The sketch is tasteful, your authored material stylish. nonetheless, you command get got an edginess over that you wish be delivering the following. unwell unquestionably come more formerly again as exactly the same nearly a lot often inside case you shield this hike.

    [Reply]

  • Rien ne pouvait opleve tenir with leurs moyens lorsqu’ils découvrent qu’ils souhaitent acquérir à us seule figured out. Celui-ci n’a marche l’attention a fabulous ce qui concerne l’argent. Andel in addition to personnes ayant fait pueden démarquer certains autres, l’ensemble l’ordre delaware ces chaussures seront généralement très co?teux .

    [Reply]

  • Das Schwierigste beim Blogstart ist die Auswahl eines Themes. Oder nicht?

    [Reply]

  • I want betterscooter.com http://adf.ly/6249830/banner/www.scamadviser.com/check-website/betterscooter.com There’re SOOOO Lovable Plus wonderful!!

    [Reply]